Follow by Email

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Como?

Como delegar a educação daqueles que são mais importantes para nós?

Como delegar os cuidados, a presença, a criação?

Como delegar a que terão acesso, como terão acesso?

Como aceitar a verticalização do saber, sabendo que o conhecimento é horizontal, totalmente horizontal?

Como aceitar que o olhar seja guiado, dirigido, orientado, quando tudo que precisamos é SER, ser para querer descobrir, para querer aprender?

Como?

Dormindo e acordando sob a questão. Fazer a vida dos meus filhos na escola ou fazer da VIDA sua escola.

Mas ah.... o sistema.

E aquilo em que eu acredito?

Que meus filhos não precisam se encaixar no mundo - precisam MUDAR o mundo. Precisam dobrá-lo e desdobrá-lo. Transformá-lo num mundo que os mereça.

Mas e se eles me cobrarem de simplesmente serem uma criança 'normal'?

Bom... Se eles me cobrarem de simplesmente serem uma criança 'normal'... meu trabalho foi mal feito.

Não soube ensinar a eles aquilo que mais acredito: que não há normalidade.

Que não há que se encaixar.

Que se você se preocupa com o que os outros pensam de você, é porque você pensa sobre os outros. E se você pensa sobre os outros... há mesmo muito com que se preocupar.

Dormindo e acordando na mesma questão.

Como?

Nenhum comentário:

Postar um comentário